TERESINA VISTA DA COROA DO RIO PARNAÍBA




da coroa do parnaíba
vejo teresina se mexer
indiferente flor na ponta de um fuzil
com todas as suas dores e seus apitos
vejo teresina se mexer
da coroa do parnaíba
depositário de tensões da semana:
peladas, barracas, flertes, putas
e da polícia que impede
os bêbados morrerem mais cedo
como se a vida que teresina
face a face impõe
fosse vida, fosse via
de coroa do parnaíba
vejo teresina se mexer
sem nenhum devir.



Chico Castro
em CAMISA ABERTA e OUTROS ASTRAIS 
Teresina: 1976

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail