REVOLUÇÃO DOS PIRULITOS




















                          Na cidade um homem sonha com uma revolução sem sangue, sem armas de fogo.
                          Um revolução organizada em ciranda, toda feita de tropas amada.
                          Carregadas à bala doce e muito suco de morango.

                                                                                  Renata Flávia



Revolução dos Pirulitos é um vídeo que aborda um desejo incompleto, mas que busca entre singularidades e micro-revoluções seu impulso fundamental para existência do sonho interior. É registro de um homem que navega entre o real e o ficcional, que sente necessidade de expressar seus impulsos e respostas marcadas pelo amor e radicalismo, para fincar a bandeira colorida e enfraquecer nossas violências. Uma Revolução que não se completa, uma revolução que se completa, uma contradição fílmica que se revela enquanto convivência entre a precariedade do fazer e o desejo de provocar. Chiquinho Garra representa uma resposta clara aos nossos abandonos... as ações são feitas também para serem sonhadas. Um filme incompleto, um desejo de mudar, uma exposição poética de que a essência da transformação ainda não desapareceu, uma lacuna em cada coração. Um tom amargo provocado pela carência dos doces que deviam aparecer no cotidiano, não no happy-end “artificialesco” da montagem espetaculosa. = Aristides Oliveira.



Realização do Coletivo Diagonal
Direção: Aristides Torres
Argumento: Jimmy Charles
Direção de Arte: Meire Fernandes
Edição: Denes Filho
Animação: Denis Filho e Meire
Teresina, outubro de 2010

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail