MADRUGADA ADENTRO




E você chega assim
desse jeito
abrindo veredas no meu coração

- eu continuo andando nas ruas
com meus passos lentos
madrugada adentro
meu olhar atento
arrastando alguns anos de solidão
Um gole aqui
um gole ali
um poema brilhando no peito
E você chega assim
desse jeito
abrindo
invadindo
acendendo uma chama no meu coração



William Melo Soares
em Anos 70 - Por que essa lâmina nas palavras?
José Pereira Bezerra 
Teresina: 1993

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail