ALUCINAÇÃO




O que mais me alucina
é não saber onde plantei minha sina
se foi em minha terra ou se foi em Teresina.



Adrião Neto
em Poesia teresinense hoje 
Teresina: FCMC, 1988

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail