TERESINA




Ela lá
espraiada entre pernas
negras, longas
entre céu
e sol

eu sul e frio

cotruco tijubina lapiana
fere, saudade
meu coração!



Keula Araújo
em TERESINA: Um Olhar Poético
Teresina: FCMC, 2010
Organização de Salgado Maranhão

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail