TERESINA


                                                  para g.c.


Levei horas em teu caminho
e ao te encontrar
mergulhei
pela tenras flores de tuas mãos

Vi que estavas em cada pequena fresta
de meu impreciso contorno

Adestrei minha vontade voraz de devorar tuas palavras
em cada canto teu descobri uma saudade
daquilo que eu jamais conhecera



Ana Paula Pedro
em TERESINA: Um Olhar Poético
Teresina: FCMC, 2010
Organização de Salgado Maranhão

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail