RUA DA PALMEIRINHA




A rua da palmeirinha
perdeu seu nome de origem,
como as outras ruas.

A palmeirinha era símbolo
da rua dos meus meninos.
Dos meninos que se perdiam
pela baixa-do-chicão.

A baixa-da-égua já mudou de nome,
mudou de nome o bairro do barrocão.

O asfalto sepultou os trilhos da rua Bela,
o tempo mudou o nome da rua Estrela.
E num recanto perdido da memória
a lembrança viva da rua Glória.

Um dia mudarão todos os nomes,
e a cidade ficará perdida
procurando suas ruas mortas.



Herculano Moraes
em SECA, ENCHENTE, SOLIDÃO
Editora EMMA: Porto Alegre, 1977

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail