ABERTURAS




As valas abertas na Miguel Rosa
  sacodem as vísceras do trafegantes.
    Abriram as tumbas,
      Abriram o Congresso
        e o Mengo invicto
          abriu a contagem.
            O último bêbado
              abriu o compasso
                e em pleno asfalto
                  dançou e dormiu
                      "Atenção para o comercial:
                        As inscrições da COPEVE
                          já se encontram abertas.
                            Abrindo esperanças,
                              vendendo ilusões".
                                  O Mestre Dezinho
                                    ingênuo e pacato
                                      abriu o cacete
                                        disse cobras e lagartos
                                          A um certo pintor da elite.

É tempo de ABRIR
  é tempo de vir,
    - de ABRIR e de VIR -
      de abrir o passado
        trazer os cassados
          para nossa nação.
            Em frente ao prostíbulo
              uma puta otimista,
                sorria e cantava
                 de pernas pro ar.
                    E nós transeuntes,
                      ficamos a cismar:
                        Será que é esta
                          a tal ABERTURA do seu Figueiredo?



Venâncio do Parque
em VIA CRUCIS - Verso e Prosa

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail