DOIS RIOS




há em minha terra dois rios
silenciosos

um
estendido em verde tapete de aguapé
onde não mais trafegam canoas
apenas diminutas criaturas buscando seu pasto

outro
árido tapete árabe
onde todos caminham acima de sua face



Adriano Lobão Aragão
em As cinzas as palavras
Teresina: dEsEnrEdoS 2014

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail