Chacal - síntese biográfica





Ricardo de Carvalho Duarte, vulgo Chacal, nasceu em 24 de maio de 1951, no Rio de Janeiro. Estudou no Colégio André Maurois e na ECO-UFRJ. Estreou sua poesia em 1971, aos vinte anos de idade, com um pequeno livro de apenas cem exemplares mimeografados, Muito prazer, Ricardo. Depois vieram O preço da passagem (1972), América (1975) e Quampérios (1977) e a participação no grupo Nuvem Cigana, formado pelos poetas Bernardo Vilhena, Charles Peixoto, Guilherme Mandaro e Ronaldo Santos, para realizar, pela primeira vez no Brasil, a poesia moderna falada. Depois da dissolução do grupo, em 1980, exerceu a palavra poética em teatro, como coautor de Aquela coisa toda, peça do grupo Asdrúbal Trouxe o Trombone; em música, compondo para grupos como Blitz e Barão Vermelho; na televisão; em crônicas de jornal; e na produção de eventos como o CEP 20.000 (Centro de Experimentação Poética), que ele organiza desde 1990. Editou a revista O Carioca entre 1996 e 1998. Foi ainda um dos fundadores do bloco carnavalesco Bangalafumenga.

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail