REINSCREVE UM POETA A SEU PASSO A NOVA CAPITAL & A PASSADA CAPITANIA DE PIAGUÍ

                                            
                                               A Cineas, homem com letras, de cimos Sãos & Santos 


tristeresina: um quê de semelhante
estás ao que era nosso antigo estado
(rico de nativos mortos por gados)
em este mote alheio & cambiante

se a ti tocou-te a máquina mercado
esse ouro que apaga muito brilhante
a nós todos aqui tem-nos-tratado
com os dous ff dum poema dantes

deste estado – a quem não deste por renques
as carnes como o-fez à gente ruda
de Bahia Pernambuco Minas (mortes!) –

há quem alegoricamente tente
fazer ainda uma vaca bojuda
para carnes & poemas de corte

(De Oeiras, Salvador; Ouro Preto, Recife a Teresina, em estados de Brasil.)
Poema classificado em 3º lugar no concurso "Soneto para Teresina"
Promovido pela TV Cidade Verde, Teresina: 2008

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail