CALOR REPENTINO




outro dia
cheguei a Teresina:
um calor quente de rachar.

no dia seguinte
parti de Teresina
que vontade enorme de ficar.



Marcos Freitas
em Moro do lado de dentro 
Rio de Janeiro: Ed. CBJE, 2006

Nenhum comentário:

acompanhe por e-mail